Direito à Saúde e Inclusão das Crianças Migrantes e Refugiadas em Portugal em debate.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) , através do Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida em parceria com o Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil realiza no próximo dia 8 de abril de manhã um Webinar sobre o Direito à Saúde e Inclusão das Crianças Migrantes e Refugiadas em Portugal.

A sessão decorrerá em formato online no canal Youtube da DGS, sem necessidade de inscrição prévia. A iniciativa pretende assinalar a campanha internacional do Mês de Abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, alertando este ano para a questão da proteção e promoção dos direitos das crianças migrantes e refugiadas, reforçada pelo atual contexto de conflito armado na Ucrânia.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, as populações migrantes e refugiadas, em particular crianças, incluindo não acompanhadas, encontram-se em maior risco de experienciarem maus tratos, nomeadamente de violência sexual, tráfico de seres humanos e discriminação, enquanto graves violações dos seus direitos, com consequente impacto na sua saúde física e mental, a curto, médio e longo prazo.

Os serviços de saúde, enquanto entidades de primeira linha, ocupam um papel essencial na resposta às necessidades de saúde das crianças e jovens e prevenção de situações de maus-tratos também destas populações em particular, incluindo rastreio, deteção, intervenção e encaminhamento das situações suspeitas ou identificadas para os Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco dos cuidados de saúde primários e hospitalares, assim como para respostas especializadas na comunidade.

De: https://www.sns.gov.pt/noticias/2022/03/29/dgs-promove-webinar/