Plano Nacional alinhado com as mais avançadas abordagens internacionais.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, participou, esta quinta-feira, na sessão de abertura da reunião ordinária do Fórum Nacional Álcool e Saúde, onde destacou a importância do Plano Nacional para a Redução dos Comportamentos Aditivos e Dependências (2021-2030), que esteve em consulta pública até ao dia 28 de junho, para a “construção de comunidades mais saudáveis”.

“Este plano nacional, a dez anos, assenta nas mais avançadas abordagens de saúde pública a nível internacional, encontrando-se alinhado com uma perspetiva de redefinição das políticas e dos serviços de saúde, o que contribui para a continuidade e implementação eficaz de um modelo integrado de intervenção, que tem merecido um reconhecimento unânime e, inclusive, internacional, na abordagem às dependências”, disse o governante.

“O Ministério da Saúde continua também fortemente empenhado em revisitar o modelo organizacional existente no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências, com vista a reforçar a articulação entre a definição da estratégia e a sua execução, otimizando assim os resultados neste domínio”, salientou o Secretário de Estado.

Este plano, que se baseia em “políticas públicas colaborativas que garantem o respeito pelos direitos humanos e contribuem para uma sociedade mais informada, saudável e segura”, será analisado pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) e, posteriormente, aprovado em Conselho de Ministro.

“O Ministério da Saúde continua também fortemente empenhado em revisitar o modelo organizacional existente no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências, com vista a reforçar a articulação entre a definição da estratégia e a sua execução, otimizando assim os resultados neste domínio”, salientou o Secretário de Estado.

Lacerda Sales destacou, ainda, a responsabilidade de toda a comunidade na “promoção de estilos de vida saudáveis, através de escolhas informadas em saúde, que nos permitam não apenas viver mais anos, mas vivê-los com qualidade”.

O Fórum Nacional Álcool e Saúde é uma plataforma em que um conjunto alargado de entidades (da oferta e da procura) adere a uma carta de compromisso, que prevê atividades a serem desenvolvidas, que concorrem para o alcance dos objetivos e metas do Plano Nacional para a Redução dos Comportamentos Aditivos e Dependências, designadamente nas que dizem respeito ao álcool.

De: https://www.sns.gov.pt/noticias/2022/06/30/seas-forum-alcool-e-saude/